19 de abr de 2006

The universe is universal.

Para quem não assiste os programas da Igreja Universal, eu recomendo.Você pode ter momentos agradáveis rindo da desgraça que o Edir Macedo inventou ou ficar revoltado (ui ui ui) em como eles enganam o povo .

Eu dou risada porque o povo é burro pra caralho, e faz questão de continuar assim. Gente imbecil por escolha própria não merece piedade.

Note como a voz dos bispos, corte de cabelo, trejeitos, o sotaque carioca (mesmo que o cara venha de Piracicaba) são iguais aos do Edir. Pois é, provavelmente eles passam por um curso básico de "Como tornar-se Edir Macedo em 15 passos".

As ações são pateticamente engraçadas. Eles "dão" de tudo para os fiéis. Óleo, perfume, sabonete, medalhinha, pedaços de TNT (um tipo de papel sintético) com estrelas de Davi impressas ou orações e sabe-se mais que vão inventar. Tudo simboliza alguma passagem bíblica nonsense (qual não é?). No caso do óleo por exemplo, minha ex-empregada me disse que era assim: Você levava um litro de óleo uma semana antes, para ser "abençoado". Depois entregavam um vidrinho com cerca de 10ml de óleo bento de volta. Porra gente, é milagre mesmo, um litro de óleo vira dez mililitros!

Tipo, agora os pastores convidam as pessoas para levarem roupas velhas para o Templo da Perdição (oops) e rasgarem no meio do culto, Isso, uma coisa meio animalesca. O pastor na TV justificou a rasgação, dizendo que nos tempos bíblicos, as pessoas revoltadas rasgavam as próprias roupas. Bom, elas também incendiavam casas, crucificavam e apedrejavam pessoas, mas é preciso pelo menos um pouco de bom senso não?

Eu me mato de rir como eles culpam os encostos por tudo que acontece no mundo. Tem gente que culpa o Bush, eles culpam os encostos.

Encosto. Só exorcizando. Descarrego mizifi. Aliás quanta contradição - Falam mal das religiões afro mas adoram adotar os ícones que elas têm. Acreditam na força da macumba. Imagino o Edir Macedo lançando raios pelos olhos, acertando Exu, que dá uma meia-lua-de compasso na cabeça do bispo e pimba!


Eu sei que falar mal da Universal é clichêzão, mas estou dizendo que há um lado ridiculamente engraçado em tudo isso.

Ah pra fechar o post gigante com chave de ouro: O Macedão dia desses estava pregando em frente a uma lousa, explicando feito professor de cursinho a tênue linha entre o bem e o mal. Eis que ele fez um esquema com setas, e escreveu bem grandes palavras "do mal". Ele ficou pregando um tempão em frente daquilo, com uma seta gigante de BANDIDO apontada pra cabeçona dele.
Eu devia ter feito uma foto, mas juro que é verdade.
Aliás o Edirzão tem esse site magnifíco para comentar o Fim do Mundo. Imperdível! (atente para os efeitos especiais!).

Há humor na desgraça. Encontre você também.