18 de out de 2006

Gringo exorcisado

Não gosto do Robbie Williams. Acho as músicas dele bregas e coisa e tal. Ele é cheio de se achar o rei do pop, mas é cafona demais e pretensioso. Apesar de ser uma gracinha.
Hoje, ao ler uma entrevista que ele deu a Folha, passei a gostar um pouquinho do rapaz. Quando questionado sobre o que faria aqui no Brasil, caso tivesse uma folguinha em sua estada, eis o que ele disse:

"Quero ir a igrejas e ver aquelas loucuras de exorcismo, quero renunciar ao Diabo. Eu poderia fazer isso? Eu vi nos documentários, eu vou! "

Finalmente alguém que não responde a famosa "quero tomar caipirinha, conhecer as lindas mulheres e sambar".

Robbie, meus queridos, quer fazer o que o povão faz: Ir à Igreja Evangélica. A verdadeira alma do Brasil.

Ah sim, logicamente, continuo achando a música dele um saco. Mas agora considero até tomar uma pint com ele.