8 de dez de 2005

Vogue

Depois de uma velha anciã desdentada na avenida, ontem me perguntaram novamente:

"Você é modelo?"

Que grande alegria eu tive em ouvir essas palavras da boquinha de uma garota de 7 anos, que estava brincando no playground do meu prédio. Claro que a garotinha com óculos fundo de garrafa e pedaços de goiabada grudados em seu pequeno rosto tem uma opinião mais do que abalizada do que é uma mulher glamurosa como eu.

Em breve estarei me preparando para finalmente seguir a carreira de modelo/manequim/atriz/bonequinha de luxo.