7 de abr de 2006

Acabei de ler em um pop up internético: "Páscoa, época de ficar com a pele radiante" e a foto de uma moçoila com a cara embatumada de chocolate.
Seguido das seguintes chamadas:

"A massagem Esplendorosa complementa esta maravilha que é a máscara de chocolate com ouro. O tratamento oferece energia e bem-estar, equilíbrio e harmonia."
"Uma antiga prática de estética envolta pela milenar sedução do chocolate e do ouro, produtos relacionados à história da humanidade."

Até que ponto essa cretinice pode chegar?

Uma vez entrei em uma clínica de estética e me surpreendi com o fato de que é muito fácil enganar mulheres. Milhares de máquinas com nomes que parecem saídos de Star Trek - "Laser-Fly" "Russian Waves" "Ray Sculptra","Manthus" - prometiam deixar sua bunda dura, a celulite desaparece, sua cara macia e tonificada, seus seios rígidos, sua boca carnuda, sua cintura fina, seus pés suaves, suas mãos hidratadas.

São choques, alfinetadas, tremores, calores, sucções, apertos, beliscadas que fazem você sair de lá "uma nova mulher". Com muitos hematomas.

Ninguém se preocupa muito em saber como essas coisas funcionam. Na verdade as clínicas estéticas no Brasil se multiplicam, vendendo tratamentos em pacotes especiais "Pague em 40 vezes de 300 reais, são 10 sessões de Blue-Ray Tonific". Carésimo. Muita gente paga, mas ninguém parou para se perguntar se existem estudos que comprovam a eficiência desses trambolhos.

A estratégia de vendas é sempre a mesma "vamos ativar sua pele" "princípios ativos" "quebrar moleculas de gordura" "reestruturação celular". Esses termos caem como iscas na cabeça das mulheres desesperadas.

Se tomar choque, esquentar o traseiro em um forno e esfregar a cintura com óleo realmente é uma forma de reestruturar células, os cientistas do planeta deviam mergulhar em um ofurô com geléia de algas marroquinas para fazer descobertas revolucionárias, como tipo, entre uma jato de hidro e outro, encontrar a cura do Câncer.

Enquanto isso a dona Neide está lá besuntada com argila, embrulhada em papel plástico, com eletrodos espalhados na buzanfa achando que daqui mais 3 sessões de "Prime Pure Body" ela vai ficar esplendorosa.

Ah vai.