6 de nov de 2008

Home(land) Office

E mais um dia começa. 9:30 da manhã, vamos lá tomar um banho. Umas frutas de café da manhã. Hora de trabalhar, ligo o computador.

O telefone toca. "Oi? Não quero assinar a revista Boa Forma.Obrigada."
Certo preciso trabalhar, vamos lá.
A empregada aparece na sala "nossa Sarah eu comprei um celular pro meu filho, veio quebrado, mandei pra trocar e aí..."
Depois de 15 minutos fingindo interesse na epopéia do celular da empregada eu penso que vou finalmente me concentrar aqui nos afazeres.
Campainha toca. "Tem que assinar? Certo". Desço. Sem caneta. Subo. Desço. Assino. Subo. Vamos lá pessoal, concentração, preciso trabalhar aqui.
Me deu sede, vou beber uma água gelada. Trago o copo. O copo vira na mesa. Água gelada rolando feito córrego perto do mouse. Levanto correndo, busco um pano, enxugo. Coloco tudo no lugar.
Hora de começar a...
Telefone toca. "Oi? Não sei mãe. Não. Panqueca. Pode ser panqueca. É. Arrã. Mãe preciso trabalhar. Tá bom. Beijo.Tchau."
Pois bem, finalmente, o que eue stava fazendo mesmo?
"Sarah você tingiu o cabelo né?" pergunta a empregada limpando a cristaleira.
Respondo "é, escureci. ficou bom?"
"Nossa tá ótimo, morro de vontade de pintar o meu, tá com uns fios brancos e eu não sei o que passar sabe...sei lá..."
12 minutos depois eu ainda estou fingindo interesse no cabelo dela.
Ceeeeeeeeeeeeerto, manda brasa, colocando o cérebro pra funcionar. Trabalho.
Hmm..Hmm...vou fumar um cigarrinho.
Bom, tá na hora. Vambora fazer o que eu tenho que...
Campainha. "Sarah, chegou a manicure!"
Acho que continuo depois com isso aqui.
Faço as unhas. Manicure. Pedicure.
Almoço. Panqueca.
AGORA DEU!
Mas antes um cigarrinho.
Onde foi que eu parei? Ah sim, o briefing era...
"huegg huegg hueeeeeeeg"
HÃ? O que som é esse?
"SARAH. Tua cachorrinha tá vomitando! Vem ver"
Certo, cachorro vomitou, não foi nada.
Vou levar meu notebook pro quarto, não consigo trabalhar assim.
O cara me pediu um conceito pra...
"VOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOONNNNNNNNNNNNNNNNNNN"
???????
A empregada liga o aspirador de pó.
O telefone começa a tocar.
Minha mãe liga o rádio em uma estação mal sintonizada.

Eu desisto.