2 de nov de 2008

Terra mítica

Quando eu estava na escola eu adorava aulas de história. Principalmente porque eu vivia contestando os professores. Uma das coisas que mais me intrigavam era o Brasil. Mais precisamente a colonização dos portugueses. Eu sonhava em ter sido colonizada por holandeses, ingleses, franceses... Países com uma história mais interessante. Vá lá, até os mercenários espanhóis soavam mais legais que os monótonos portuguesese sua insistente lista de "cagadas" históricas. Claramente, alguns professores diziam que o Brasil só era tão "tosco"por causa dos lusos. Pensando melhor, minha "raivinha" pode ter sido manipulada por professores que odeiam bacalhau.

Acabei descobrindo em minhas pesquisas que talvez, e isso é bem talvez mesmo, nosso país tenha ao menos um nome legal.

Aprendi na escola que o nome Brasil vem da árvore pau-brasil. A madeira vermelha inspirou a alcunha que viria de "brazil", ou seja, em brasas. É certo que Brasil não foi o primeiro nome deste país. Poderíamos ser da Ilha de Vera Cruz ou quem sabe da criativa Terra de Santa Cruz. Bons cristãos esses portugueses.

Há alguns anos descobri (assistindo um filme ótimo chamado Erik O Viking) que no folclore irlandês existe uma ilha mística chamada Hy-Brazil. Esta ilha-fantasma seria eternamente envolta em brumas e vagaria pelos oceanos para não ser encontrada, ressurgindo apenas de sete em sete anos. O nome viria da antiga palavra irlandesa breas, que significa nobre e afortunado. No folclore celta Breasal seria o nome do grande rei de todo o mundo.

Hy-Brazil é a terra de homens fortes, onde a lenda diz que todas as pessoas vivem em uma civilização avançada, com cidades onde as construções são cobertas por cúpulas de ouro cercadas por uma maravilhosa vegetação. Os irlandeses também diziam que os rebanhos mais saudáveis só nasceriam em Hy-Brazil. Veja bem, na Irlanda tudo é meio cinzento e a principal fonte de renda deles eram rebanhos, por isso não é de admirar que a terra encantada seria dourada e cheia de ovelhas gordas.

O fato interessante é que em alguns mapas irlandeses do século XII mostravam uma ilha chamada Hy-Brazil - seu formato é um círculo perfeito com um grande canal cortando a ilha ao meio. Lembra alguma coisa?

Muitos navegantes disseram ter visto Hy-Brazil. Mesmo fazendo parte de um folclore pagão, homens dos mares não relevam essas coisas. A realidade deles é tomada por monstros marinhos, sereias e terras míticas mesmo com uma cruz pregada na sala do capitão.


Alguns historiadores dizem que Pedro Álvares Cabral foi quem chamou o Brasil de Brasil. Ele acreditava que havia encontrado a ilha encantada. Mas o pessoal da corte não gostou muito da idéia pagã. Papai do céu não ficaria feliz. Depois de um tempo, o nome Brasil foi incorporado e, aí sim, justificado pela cor da madeira.

Quando perguntei se o formato redondo cortado por um canal lembrava alguma coisa, pois aí vai: existe a teoria que a atual bandeira do Brasil, criada por Raimundo Teixeira Mendes, é inspirada no formato original de Hy-Brazil.



Tudo isso pode ser uma grande suposição. Um enorme "é, talvez". Mas convenhamos, é bem mais legal do que ser nomeado por causa de um monte de árvore.