29 de set de 2005


Getting Loaded

Pode-se dizer que ela foi o rosto mais cool das modeletes mundialmente famosas da nossa geração. Miss Kate Moss é bonita, rica, famosa e róqui i róu. Não é de se admirar que a mocinha faça uso de narcóticos. É?
Ah vai me dizer que você não sabia! Sério? Pois é, me esqueci, as modelos de hoje em dia têm 12 anos e medem 1,90m. E são "saudáveis" com corpos esquálidos. Kate é esquálida como todas elas, mas ela usa drogas. Não pode.
Meninas de 12 anos podem ser viciadas em batata-frita, não em cocaína. Pobre Kate, é de uma geração perdida.
Depois de ter sido fotografada esticando white lines e metendo o nariz onde foi chamada, Miss Moss deu com o nariz na porta. Perdeu contratos publicitários importantes. Inclusive o da Chanel.
Quando penso em Karl Lagerfield, que é o mestre da Maison Chanel, imagino que aquilo sim, é geração saúde. Ele, é a imagem perfeita de um mundo ideal onde as pessoas são felizes e glamourosas sozinhas, e fazem festas e divertem-se tomando suco de graviola e nunca, nunca cheirando pó. Cheirar pó? Aonde? Quem cheira pó hoje em dia? Ah, a Miss Moss está datada, out, fora. Olhem para a beleza natural do Karl. Agora olhem para a drogada da Moss. Quem vocês preferem?
Quem eles pensam que enganam? Quem consome Chanel afinal de contas? São pessoas que, imagine só, não suportam cheiradores de pó! Mas que ultraje! Como a Miss Moss ousa a sujar a imagem da Chanel com uma coisa tão Low Class? Pó! Shame on you! E pensar que ela já fez campanha para o Perfume Opium! Que infâmia!

Hoje Kate se internou em uma clínica. Vai se tratar. É melhor assim! O mundo da moda não suporta perdedores! Ela vai sair dessa, Kate pobrezinha, assumiu através de seus assessores que é sim, dependente química, e que sente muito, pede desculpas, foi mal aí. Ela, é a última de sua espécie. A linda Kate Moss que esticou tantas carreirinhas para seus amigos e donos de contratos, caiu sozinha. Tudo porquê se deixou fotografar em um momento de intimidade com a cultura colombiana.

Em honra a Miss Moss, e em respeito à sua extinção enquanto modelo que se assume modelo, inserida na realidade de uma modelo, e todas as coisas "erradas" que isso possa acarretar, e não em babaquices infantilóides de meninas felizes de 12 anos de idade vendendo sensualidade , fiquei inimiga da Chanel. Daqui em diante, não compro mais nada que tenha os dois C's entrelaçados.

E agora, vou Ouvir Primal Scream, com vocal de Kate Moss:

Some Velvet Morning -

Flowers are the things we knew
Secrets are the things we grew
Learn from us very much
Look at us but do not touch
Phaedra is my name