22 de mai de 2006

Humorada

- Todos os dias eu coloco o despertador para as oito horas.Todos os dias eu aperto o botão "soneca" cinco vezes. E durmo até as nove. Isso é bem cretino de minha parte, mas o fato éque eu nunca vou conseguir acordar cedo. Não adianta, de manhã meu cérebro não funciona direito, eu não sei quem sou nem pra onde vou. Agora me pergunto se é justo ser traída por meu próprio organismo, e ir contra as convenções da sociedade em ter que entrar no trabalho as nove da madrugada.

- Pessoas com mais de trinta anos que ouvem Legião Urbana e fumam maconha fazem parte da lista do que considero o lixo da sociedade.

- Cheguei à conclusão de que ficar em casa quietinha lendo ou assistindo filmes é algo que consigo fazer por somente um dia da semana. Eu adoro ir pro bar. Eu me sinto completa cercada por fumaça de cigarro e cerveja boa. Conversar em bar é muito produtivo, social e essencial.

- A Regina Casé e seu quadro no Fantástico também fazem parte da lista do que considero o lixo da sociedade. Ontem a Regina, ao questionar um rapaz de um "projeto social" - chame de projeto social na favela um sujeito com um tambor ensinando garotos a batucar - sobre com o que ele estaria trabalhando se não fosse batucando e o garoto disse "ah não dá pra fazer mais nada né?" Realmente, todos os projetos sociais em favelas envolvem batuque, aulas de teatro e futebol. Ou seja, somente coisas que semi-analfabetos são capazes de fazer. Aula de química ninguém quer ter né?

- Apresentei pão de torresmo ao meu namorado. Ele não aguentou o poder da banha suína. Pão recheado de torresmo não deve ser subjulgado. É para poucos. Eu como desde a infância, e ainda passo manteiga pra dar uma amaciada. Minhas veias vão explodir, eu sei, mas sou devota do torresmo. Ode ao porco.

- Segunda-feira é chato, mas eu tento ser otimista e penso "bom, pelo menos acabou o domingo".
Boa semana a todos.