15 de dez de 2006

Se liga


Vamos analisar o interesse dos brasileiros nas notícias do Brasil e do mundo:


5º Lista de parlamentares que reajustaram o próprio salário
Um parlamentar pensa: "Ei, tive uma idéia: Eu posso mexer no meu salário não posso? Eu escolho quanto quero ganhar? Pois bem, eu quero ganhar 91% a mais do que eu ganho. R$ 16,000 não são suficientes para minha vida correr bem. Eu tenho gastos sabia? Hein? Ah gente eu sei que o governo já paga minhas contas de correio, telefone, transporte e moradia, mas pôxa! Vejam bem, eu sou um parlamentar! Tenho um nome a zelar. Preciso de dinheiro extra para várias coisas que não lhe interessam. O dinheiro é meu, eu faço o que quero com ele, trabalho honestamente para ganhar 24 mil reais por mês. É isso aí. Honestamente. Dou duro. Eu mereço."
Essa palhaçada é a última notícia da lista.

4º Justiça inocenta médicos irresponsáveis
Sabe, a justiça é uma coisa engraçada. Quanto mais esperamos algo dela menos ela merece o nome de Justiça. O que é justo para um médico pode não ser justo para você. E vice-versa.

3º Big Brother Vem aí.
Ei você gosta de Big Brother? Se mata.

4ºRestituição do IR
Veio erro? Perdeu dinheiro? Pagou tudo em dia? Que bom, agora os parlamentares poderão receber o ajuste deles direitinho também. Você deve estar se sentindo orgulhoso! Parabéns contribuinte!

1º- Serginho Groismann faz programa com saia justa:
O que há de importante nesta notícia? Serginho é muito mais relevante do que as notícias que virão abaixo. Ele é um sujeito que apresenta um programa chato aos sábados na globo, tem quase 60 anos e age como se tivesse 25. Ele se comunica com os jovens e se mantém ali, no vértice da Terra do Nunca, onde ninguém cresce. Ele não cresce nem profissionalmente porque faz exatamente a mesma coisa há no mínimo 15 anos. E ele estará no saia-justa, aquele programa repleto de mulheres tagarelando sobre assuntos aleatórios para provar que mulher também pensa em outras coisas além de escova progressiva e cor de esmalte. É a notícia MAIS PROCURADA no portal da UOL.

*****
Eu me contento em reencostar na cadeira, acender um marlboro e apreciar a imbecilidade, com uma sobrancelha erguida e um sorrisinho sarcástico no canto da boca.

Rárárá.