22 de jan de 2007

Zé Colméia e Catatau

Ursos são bichos violentos certo? Eles podem medir mais de 3 metros em pé, tem uma mordida poderosa e garras afiadas, muito afiadas. Além disso são carnívoros e selvagens. Ou seja, quer abraçar um urso? Compre um de pelúcia.

Mas não foi isso que o hippie, pseudo-ambientalista Timothy Treadwell pensou. Ele, que sempre viveu um vidinha medíocre, era depressivo e bastante retardado. Retardado porque ele pensava que se convivesse com os ursos se tornaria um deles. Só que ele não era biólogo ou veterinário. Não entedia nada sobre meio-ambiente. Ele era apenas um ex-garçon que um dia pensou em ser ator mas não conseguiu. Mas lá foi Treadwell, enfiar-se dentro de reservas americanas onde os ursos pardos vivem porque, bom, porque ele era um hippie retardado.

E Treadwell morreu. Depois de 13 anos enfiado em reservas florestais, acampando no meio dos ursos, filmando ursos, conversando com os ursos e abraçando as raposinhas, Timothy e sua namorada foram devorados por um velho urso faminto no ano de 2003. Os restos dos dois hippies foram retirados das entranhas do urso. Muito errado abater o animal, na minha opinião, já que o ursinho apenas estava seguindo seus instintos. "Ei estou com fome. Ei, um hippie!! Yuppiii".

Werner Herzog, o documentarista hippie resolveu fazer o documentário "O Homem Urso" para contar a história deste sujeito que um dia acreditou que ursinhos são cuti-cuti. E eu assisti neste fim de semana e pude constatar que, oras, eu já sabia: Hippies são muito, muito, muito cretinos.

No ducumentário Timothy se encanta até com o cocô dos ursos. Ele olha para os bichos e diz: "Ei eu te amo cara! Eu te amo muito!". O urso só olha com aquela cara de "Okay hippie, um dia desses eu te pego".

Bom, um hippie morreu e outro fez um homenagem.

Eu recomendo este filme para todos aqueles que ainda não entendem porque hippies são seres acéfalos. Assista e conforme-se com a lei da natureza: O forte sempre come o mais fraco.

Trecho de um depoimento de Timothy, retirado de "O Homem Urso":

"I'm in love with my animal friends. I'm in love with my animal friends! In love with my animal friends. I'm very, very troubled. It's very emotional. It's probably not cool even looking like this. I'm so in love with them, and they're so f-ed over, which so sucks."

Genial.

__-__-__-__-__-

Bom, para tirar a nhaca hippie de minha e de sua pessoa, coloco um link de mais uma de minhas canções favoritas.

Clique para ouvir

Eu sabia cantar inteira, em alemão, mas fiquei enferrujada.

Esta canção foi a favorita dos soldados de ambos os lados durante a 2ª Guerra. Era cantada em diversas línguas, para todos se reconfortarem. Tocava nos hospitais em grandes caixas-de-som, entoada pelos soldados em noites frias nos bunkers. Espero que gostem. Esta versão que coloquei aqui é da gloriosa Marlene Dietrich.