27 de mar de 2007

Ebony and Ivory

Você se sente mal pelas mazelas que toda a humanidade fez durante a história da civilização? Você chora quando se lembra que Gengis Khan pisou neste planeta? Você sente vergonha por Hitler ter fundado o partido Nazista? Você se culpa pelas torres gêmeas e o Osama Jihad? Você sofre pelo simples fato do ser humano serum bicho tão violento e malvado?


Meu amigo, você devia se chamar Jesus Cristo de Nazaré. Mas este não é o caso. Se você acredita ser o Messias, vá discutir com o Inri Cristo e chegar a um consenso.

A Rainha de Ébano Matilde Ribeiro, mais conhecida como ministra da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do nosso governo Lulete, acredita que não é racismo quando os negros se insurgem contra os brancos. Ela acha que café não se mistura com leite. Ela diz que não é fácil olhar para um branco e não sentir raiva por seus antepassados terem sido escravizados e escurraçados pelo branco europeu.
Pelas palavras da Chaka Khan do PT:


"A reação de um negro de não querer conviver com um branco, eu acho uma reação natural. Quem foi açoitado a vida inteira não tem obrigação de gostar de quem o açoitou"


Agora, eu me pergunto se isso é realmente importante para se sentir confortável com sua "raça". É necessário sentir raiva de uma raça em geral? Nos dias de hoje, estamos em 2007 minha gente, é necessário se sentir como um negro escravizado? É preciso se sentir como um branco cruel?


Os caras negros por aí, sabem de que tribo descendem? Será que eram Gaudas? Bembas? Cewas? Bagandas? Limpopos? Kambas? Mbundus? Isso realmente faria diferença aqui? Bom, se estivessem na Africa, talvez os Kambas e Mandinkas travassem guerras sangrentas entre si. Mas fora da Africa são todos igualmente negros. Lá dentro não. Entendem onde quero chegar?
Ainda vivemos na mesma merda? E afinal, quem é branco 100% hoje em dia? Quem é 100% negro?


Todos nós, supostamente brancos, somos descendentes de capangas que açoitaram negros nas fazendas? E mesmo que fosse, que diabos eu tenho a ver com isso? Vão me julgar por eu ser branca porque um dia um branco chibatou seu tatataravô!?


Me desculpem, eu não me sinto culpada por nada. Não acho justo que me culpem. Eu faço a minha parte, vivo a minha vida e prefiro enxergar uma pessoa como uma pessoa, e não alguém que tem alguma coisa impalpável para proteger como cor da pele. Seja branco, negro, marrom, pardo,azulão, dez pra seis... Tem puto e gente de bem em todos os lugares do mundo.
Mas, se você acha que o branco é o verdadeiro flho da puta SEMPRE...


Então minha gente, alguém me responda quem é essa escória de ELITE BRANCA tão SACANA que torna o mundo um lugar tão cagado! Encontrem a Elite Branca! É ela que está acabando com a natureza, chutando bebês negros nas ruas e mandando bandidos arrastarem garotinhos no asfalto.


Ninguém sabe direito quem eles são, eu acredito que são um esquadrão vestido de branco, com milhares de dólares na Suíça, cabelo penteado para trás e cheiram a Armani.Estão no planeta com a missão de ficarem mais ricos, não permitindo que inventem a cura do câncer ou um combustivel renovável.


A MALDITA ELITE BRANCA: