17 de abr de 2007

Talado!

Uma pesquisa realizada no mundo todo pela marca de preservativos Durex, revela o perfil sexual dos homens, com números que mostram a tristeza e a alegria que se esconde dentro das cuecas espalhadas pelos continentes.

Os brasileiros afirmam terem em média, 145 relações sexuais por ano - ou seja, praticamente 4 meses e meio trepando todos os dias. Eu não sei se acredito nesses dados, porque, bem, homem (principalmente brasileiro) é um bichinho que adora contar vantagem. Mas vá lá, em um país com Catuaba Selvagem e Ovinho de Codorna, eu até deixo passar.

Mas veja, o país onde os homens se dão mal é no Japão: 34% dos japinhas fazem sexo uma vez por semana e olhe lá. O resto simplesmente não se lembra direito qual foi a última vez.

Seria a fama do "pingolim mindim"? Seria o excesso de peixe cru? Seriam os Pokemóns?

Isso me impressiona de certa forma, porque japoneses são muito bizarros quando o assunto é pornografia. Desenhos com polvos e alienígenas de tentáculos penianos, pequenas colegiais peitudas, sexo não-consensual, homens vestidos de mulheres e tudo mais. Eles vêem o sexo como várias coisas, menos pra quê ele serve: pra satisfazer - o que faz de somente 15% da população masculina japonesa feliz com seus desempenho no tatame.

É muita gracinha e pouca ação em minha opinião.

"Mas menina, você está sendo cruel com os orientais!"

Calma minha gente, não pra você sair por aí tirando sarro do seu amigo Japa, contando a piada do japonês fazendo a barra da camisinha.

O Japonês da pesquisa vive no Japão, portanto, o seu amigo Japa aqui é brasileiro e trepa sem parar durante mais de 4 meses, ok?

Sushi de Polvo