2 de set de 2007

Originalidade Brasileira

Sabe quando você ouve aquela versão tosca da música já pentelha "I can't take my eyes off you" com a Ana Carolina berrando "Eu não sei paráaaar de te olháaaaaarrrr"em algum lugar , e pensa "cacete, certas coisas não precisam de versão brasileira".

Pois é, agora leiam isso:

"A investigação da estranha morte de um especialista em arte barroca desencadeia uma trama surpreendente, que entrelaça suspense, arte, erudição, história e um alucinante mergulho em mistérios jamais imaginados. O morto era diretor do instituto do Patrimônio Histórico Nacional(IPHAN), e seu corpo foi encontrado no interior da famosa Igreja da Sé de Mariana, em Minas Gerais. Pouco antes ele havia telefonado para um amigo dizendo ter feito uma descoberta que iria revolucionar a história da arte".


Qualquer semelhança com o Código DaVinci, não é mera coincidência.

Esta é a sipnose de um livro chamado "O Código Aleijadinho" de Leandro Muller, lançado em 2006. Muitos sites de literatura anunciam a pataquada nacionalista como "coragem de abrasileirar com muito bom humor o livro de Dan Brown".

Leandro Muller

Ei, você quer escrever um livro ficcional, que entretenha as pessoas e ao mesmo tempo ensine um pouco sobre arte nacional? QUE TAL USAR UM POUCO DE SUA PRÓPRIA CRIATIVIDADE HEIN?

Ser original, criativo, inovador, sabe?

Porque é disso que os bons escritores são feitos. Eles "criam" coisas novas. Soa muito difícil pra você?

Então vá escrever manuais de eletrodomésticos.


Capa de "Ratatoing" a versão brasileira de Ratatouille, feita pela Vídeo Brinquedo. Não, não tem nenhum direito autoral nesse rip off descarado e malfeito, engana trouxa ao melhor jeitinho brasileiro.

Atualização do post: Troquei a foto do autor porque na net nunca se tem certeza de nada e nesta aí que eu encontrei, ele está segurando o tal do livro, então é garantia de ser o cara mesmo.