2 de ago de 2007

Qual é o seu segredo?

Ontem me envolvi em uma grande discussão em um bar. O motivo? Bom, como toda discussão que eu me enfio, é um tema polêmico.

Eu sou cética. Não acredito nas forças do bem e do mal, nas energias do pensamento positivo, nas fases da lua e a influência que isso tem no meu cabelo... No quê eu acredito então? Na ciência, na história, na lógica e na razão. Por eu ser assim, eu tenho problemas em levar a sério quem acredita nessas coisas. Eu até levo (poxa, minha mãe é uma das pessoas mais "místicas" do mundo e eu amo aquela doida), mas sempre de rabo de olho ou simplesmente tentando não levar essa idéia em conta. Não sei se sou melhor que as pessoas que acreditam nessas coisas.

A questão na mesa era o tal livro-que-virou-filme de auto-ajuda "O segredo". Não suporto auto-ajuda. Acho que uma pessoa aprende muito mais a entender a vida lendo Borges do que um monte de baboseira no estilo "confie em si mesmo".

Esse filme/livro é mais uma palhaçada para arrancar dinheiro de gente que é incapaz de raciocinar por si mesma. O mundo literário gira em torno desses fenômenos de auto-ajuda, e de tempos em tempos, aparece uma edição nova de alguma idéia rasa sobre o ser hamano e a felicidade. Com frases de efeito tipo "você consegue!" ou "depende só de você".

O problema do "O Segredo" é que ele mistura um monte de informações desconexas sobre física quântica e as leis da natureza para parecer sério e distante do misticismo para o qual tanta gente também torce o nariz. Só que as pessoas que dão declarações no filme por exemplo levam em suas costas os cargos de "visionário", "filósofo", "metafísico"... Ou seja, nenhuma pessoa reconhecida intelectualmente, com formação técnica ou reputação consideravelmente séria.

Veja bem, descrever a vida de importantes nomes na história, como Abraham Lincon, que teoricamente sabiam o tal segredo como base é ridículo. Assim como é ridículo afirmar que "homens malvados vestidos de preto não querem que você saiba o segredo!".

Peraí, metafísica e teoria da conspiração? Isso me cheira a incenso de patchouli.

O que é o segredo? É a idéia de "mentalize e terás". Visualize-se rico e serás rico. Imagine que o amor virá, e ele vem. Faça força. É só querer. Quem quer consegue, porque o universo e suas leis da física(????) mágica e estrelada vão trazer-lhe toda a alegria e felicidade do mundo.

Você não está gordo porque se entope de derivados de porco. Está gordo porque se vê gordo. Você não é um merda no trabalho porque é incompetente. É que você se vê como uma merda. Uau. É uma idéia sensacional. Deviam mostrar esse filme para todos os famintos, deprimidos e instatisfeitos no mundo. Tudo o que aquele tiozão na esquina quer é um copo de cachaça. Se ele vier me pedir dinheiro hoje, vou olhar pra ele e dizer, enquanto seguro em suas mãos encardidas:

- Vem cá, vou te revelar "o segredo": Pense na cachacinha, pense, pense, feche os olhos, vejas-se tomando a àgua que passarinho num bebe meu amigo. Monte a imagem da garrafa de 51 na sua cabeça! Em breve a garrafa se materializará. Esse é o segredo da felicidade!

E o medigo me diz:

- Mas eu visualizei uma nota de "um réau" agora há pouco. E ela vinha de suas mãos. Vamos concretizar meu pensamento?


Pois aí está o seu segredo.


"Minha vida mudou gente! Agora o universo conspira a meu favor! É fantástico!"